Você sabe o que são FreeWalking Tours?

por

Os FreeWalking Tour são excursões a pé, onde você paga SE e QUANTO quiser. Os guias são geralmente estudantes universitários que falam mais de um idioma e que costumam ser bem preparados, esforçados para nos passar informações diferentes dos guias tradicionais. Estes passeios existem em várias cidades do mundo, inclusive aqui no Brasil. Nós tivemos esta experiência em Santiago, Valparaiso, Montevidéu e dois roteiros diferentes em Buenos Aires, e recomendamos todos eles.

Ponto de Encontro – Santiago

Como funcionam?

Existe um ponto de encontro fixo, geralmente em uma praça central, então basta você chegar na hora e local marcado, se apresentar ao guia ou mesmo se juntar ao grupo. Dependendo do público e do tour oferecido podem dividir em grupos, por número de participantes e∕ou por idioma.

PUBLICIDADE:

Os tours são tradicionalmente em inglês, porém em algumas cidades também tem em espanhol e até em português. É uma ótima oportunidade para treinar o idioma, conhecer pessoas de vários lugares do mundo, fazer novas amizades e trocar experiências com outros viajantes.

Buenos Aires, centro

Os pontos turísticos são percorridos a pé, de forma descontraída, com duração média de 2 a 3 horas dependendo do tour, tem-se uma ideia geral da cidade, por isso é bom fazer nos primeiros dias de viagem. Normalmente, não se entra nas atrações durante o passeio, mas os guias falam sobre o local e você pode retornar posteriormente sozinho, se tiver interesse.

Uma dúvida constante é de quanto se deve dar no final da excursão. Fala-se em de € 5 a € 10, por pessoa. Mas na prática os valores são bem variados, em Montevidéu vimos gorjetas bem acima disso, como também um grupo de brasileiros que deu 10 reais por todo o grupo após 3 horas de tour. Acho que vale o bom senso e sensibilidade de cada um pelo trabalho do outro.

Dica: Encontrar um tour na cidade que você vai visitar é bem simples, é só procurar no Google o nome da cidade seguido de FreeWalking Tour. E não custa nada pesquisar no TripAdvisor se aquele tour vale a pena ou qual a melhor empresa naquela cidade.

Valparaiso – Foto: Divulgação

Por que vale a pena?

  • Em geral, os guias são bem esforçados, dinâmicos e descontraídos uma vez que dependem do seu desempenho para cativar o viajante e receber a gorjeta no final do tour.
  • Mesmo não entrando nas atrações, os guias falam sobre cada uma delas e indicam as que mais valem a pena conhecer. Além de falarem sobre curiosidades e mostrarem lugares que você provavelmente não conheceria sozinho.
  • Os guias são jovens e normalmente conhecem as novidades da cidade, por isso dão dicas de festas, bares e restaurantes bacanas e baratos, bem como sobre meios de transporte, segurança no local, etc.
  • Durante o tour é uma excelente oportunidade de conhecer pessoas de várias partes do mundo. Além de trocar experiências e dicas com outros viajantes.
  • Diferente do tour tradicional, se você não gostar pode abandonar o grupo sem problemas.
  • Não precisa agendar, é só aparecer no local e no horário marcado. Então não é preciso engessar seu roteiro.
  • E por último, posso citar: o baixo custo. Mesmo não sendo exatamente free, tem um custo bem menor que os tour com guias tradicionais e, em nossa opinião, tem um excelente custo-benefício.
Santiago – Foto: Divulgação

Seguem os links dos tours que fizemos:

https://freetoursantiago.cl/portada.html

https://tours4tips.com

http://www.freewalkingtour.com.uy

http://www.buenosairesfreewalks.com

Uma boa viagem a todos!

E você tem alguma experiência que quer dividir conosco? Por favor, indique nos comentários.

Veja também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.