Santiago: Conhecendo a capital do Chile

1 por

A minha primeira viagem internacional foi ir para o Chile e posso dizer que foi uma incrível – e maravilhosa – experiência, que cá entre nós, acho que comecei com o pé direito.
A ideia de conhecer esse país surgiu porque eu sempre tive o sonho de ver e sentir a neve, então, numa busca rápida pela internet vi que era a melhor opção, considerando tudo de bom que eu também poderia conhecer além do que eu desejava.
Tem pessoas corajosas que viajam sozinhas, ainda chegarei lá, mas como eu gosto muito de companhia, convidei dois amigos, que toparam a ideia. Depois das buscas pelas passagens, hospedagem, fechamos a nossa viagem. Optamos por fazer tudo separado, o que saiu bem em conta (conto mais pra vocês no final do post).


Como eu sou muito curiosa, sempre explorava um blog diferente pra conhecer um pouco mais sobre o país, sobre a cidade de Santiago, que era onde iríamos nos hospedar, sobre os passeios, dicas de restaurante, tudo que vocês possam imaginar, lá estava eu olhando, e acreditem, foi uma das melhores coisas que eu poderia ter feito, pois além de conhecer muita coisa bacana através dos outros, tive a chance de fazer uma economia, porque a cidade é bem turística, mas muita coisa você consegue aproveitar sem precisar gastar tanto.
Depois de alguns meses de ansiedade e buscas – compramos nossas passagens em março para irmos em Agosto – partimos! Escrevendo esse texto, pude sentir de novo a sensação de estar sobrevoando as Cordilheiras. E foi uma visão incrível, ela estava praticamente toda coberta de neve.
Nós ficamos durante 06 dias, incluindo o dia que chegamos.
Como nos programamos antes de ir, todos os dias foram produtivos, vou compartilhar com vocês sobre os principais passeios que fizemos:

PUBLICIDADE:

Primeiro dia

Decidimos começar pelo City tour.
Dica: Faça um roteiro com a atividade de cada dia, isso facilitará muito e ainda faz com que se ganhe tempo #ficaadica.
Nossa primeira parada foi o PALACIO DE LA MONEDA, lá é a sede do governo Chileno, e onde acontece a TROCA DE GUARDA, que é basicamente a troca de um pessoal por outro, chamados de carabineiros e que realizam as guardas do local.
Neste ano de 2017, a troca acontecia em dias pares, e com isso nós pudemos acompanhar, foi uma das cenas mais emocionantes da minha vida! É muito lindo como tudo é organizado, se tiver a oportunidade, não perca!
Como sou uma exploradora de blogs, em um deles descobri que era possível a visita dentro do Palácio, porém essa visita é feita apenas com dia e horário agendado, então, aproveitei que estávamos lá e marquei com antecedência e conseguimos conhecer. A visita é feita com um guia, que mostra o local e explica a história do Governo Chileno.


Saindo de lá, nossa próxima parada foi o mercado central, que dá pra ir andando, que foi onde paramos pra almoçar.
Dica 2: Tenha paciência, porque há muita insistência dos garçons, eles insistem bastante pra você entrar e comer, cada passo é uma oferta, mas nada que um ‘’ no, gracias ‘’ não possa resolver.
Depois do almoço nossa parada, foi o Cerro San Cristóbal, onde é possível ver a cidade toda lá de cima e também andar de teleférico.
Pra finalizar nosso passeio, a noite fomos ao HARD ROCK, pra quem curte bar com música e bebidas boas, tá ai uma ótima opção!

Segundo dia

Fomos para a aventura mais esperada de todas: A NEVE
Foi incrível aquele momento, as montanhas e a visão que se tem é linda! Fomos em Farellones, onde pagamos para entrar no parque – 20.000,00 pesos por pessoa – e depois para o Valle Nevado (fomos apenas para conhecer, os arredores, caso queira também entrar no parque para esquiar e usar as pistas de esqui, tem que pagar). Esse passeio nós pagamos para fazer com uma agência, pois a subida para montanha é cheia de curvas e deve ser feita por alguém que tenha experiência.
Bom, vou deixar minhas fotos falarem desse dia por mim rsrs

Terceiro dia

Nós programamos para conhecer a cidade de VINA DEL MAR e VALPARAISO, duas cidades próximas de Santiago, porém, no dia estava chovendo, e estas são cidades litorâneas, então optamos apenas por conhecer VINA, o que mesmo com chuva foi demais! A cidade é toda linda, com castelos, casinhas pequenas e um centrinho bacana pra quem gosta de fazer compras.

Quarto dia

Sexta feira é sempre um dia bom, não é? Então, pra deixar a nossa sexta ainda melhor, em nosso quarto dia de passeios, fomos a vinícola SANTA CAROLINA, optamos pelo tour tradicional, que não deixa nada a desejar, a guia foi muito atenciosa e o tour decorreu otimamente.
Depois do tour fomos almoçar no famoso restaurante ‘’ EL GIRATORIO‘’, o nome é porque em 1 hora o restaurante realiza uma volta completa, mas acreditem, isso não te atrapalha e o mais bacana é que você vê a cidade toda também de lá e de uma forma diferente, em 360º.

Quinta e Sexto dia

Em nossos dois últimos dias, fizemos passeios alternativos, como museus, feiras de artesanatos, visitamos o Cerro Santa Lúcia que também é maravilhoso, e era perto de onde estávamos hospedados.
Bom, com uma parte do coração sendo deixado lá, chegou a hora de vir para casa e eu só posso dizer que: foi uma experiência e tanto! Viajar troca nossa alma de roupa, enche o coração de alegria, e olha vou falar uma coisa, não deixe que nada te impeça, eu digo porque haviam N coisas que poderiam ter me impedido, mas a minha vontade de vivenciar uma coisa nova foi maior, e eu ganhei muito mais do que eu poderia imaginar e até mais do que eu investi, pois as emoções que eu pude sentir e ver, sempre tiram um sorriso do meu rosto quando as recordo, assim como cada fotografia.

Dica 3: Experimente o MOTE COM HUESSILOS, é uma bebida gelada de pêssego com uma frutinha, gente é maravilhosa!

Abaixo deixo umas dicas finais para vocês, espero que possam ajudá-los e que assim como eu, se um dia forem para o Chile, possam considerar como uma das viagens mais legais da sua vida e que não parem por aí.

  • Todos os passeios, exceto o SNOWDAY foram feitos por conta própria, muitas agências cobram um absurdo, mas você tem acesso praticamente à cidade toda de metro e até mesmo de uber, que funciona muito bem, mas vale à pena usar durante a noite, pois de dia, os lugares são consideravelmente perto, e a pé, você tem a chance de conhecer melhor a cidade;
  • Para ir a VINA DEL MAR compramos passagens no terminal Alameda, os ônibus saem a cada 15 minutos e custou cerca de R$ 34,00, ida e volta (em pesos em torno de 7.000);
  •  Jantamos e almoçamos fora apenas alguns dias, optamos por cozinhar no apto, o que foi muito legal, pois os mercados de lá tem diversas opções e você consegue experimentar coisas novas, além de fazer uma economia bacana;
  •  Experimente o chocolate SAHNE NUSS, não vende no Brasil e é o melhor da vida, pra quem gosta de chocolate traga seu estoque;
  •  Se chegar durante o dia, vale a pena pegar uns transfer do aeroporto até um terminal (lá tem dois, Pajarrito ou Alameda) e depois um metrô até o seu local de hospedagem, dependendo da quantidade de pessoas que estejam viajando compensa mais do que outro transporte, mas isso depende da sua disposição e planejamento financeiro, pois é uma opção barata em comparação á táxis.
  •  Experimente as empanadas chilenas, são tão boas;E por último mais não menos importante: aproveite a viagem!

 

Veja também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.